Recuperação ICMS
Recuperação ICMS
16 de agosto de 2018
lucro-real
Lucro Real: vantagens e desvantagens
21 de agosto de 2018
Informalidade : Como sair dela?

Informalidade : Como sair dela?

A crise aumentou o desemprego e com isso a informalidade e o mercado informal cresceram.

Sem regulamentação, lucro variado, sem garantias ou direitos, o mercado informal vem crescendo no nosso pais e isso poderá impactar em grandes problemas futuros.

Pois uma vez que o mercado informal cresce, as empresas se aproveitam dele e passam a gerar menos emprego, afinal tudo no mercado informal sai muito mais barato, exceto para quem tenta ganhar a vida nele.

O que define o mercado informal

O mercado informal envolve atividades não regulamentadas pelo governo, profissionais e empresas sem firmas registradas, sem emitir notas fiscais, sem empregados registrados, e sem pagar impostos ao governo.

Esse mercado, por não ter o governo como regulamentador, apesar de parecer um mercado de livre comércio, ele acaba por trazer coisas não muito boas para a população, como por exemplo, pirataria, produtos de qualidade duvidosa, baixos salários, entre outras consequências.

Além disso, os criminosos também se aproveitam bastante do mercado informal, através de comércio de diferentes produtos piratas, como também drogas e outros ilícitos.

Acabam então por serem financiados por esse mercado.

 Os problemas do mercado informal

Por não ser devidamente regulamentado pelo governo o mercado informal traz diversas complicações para a pessoas que participa, como também para a sociedade.

Os principais problemas do mercado informal são:

  • Difícil fiscalização de atos criminosos como pirataria, venda de drogas ou produtos proibidos no Brasil;
  • Produtos comercializados sem certificação de qualidade, muitas vezes alimentos que podem prejudicar a saúde do consumidor;
  • Salários desvalorizados e muitas vezes abaixo do salário mínimo;
  • Sem fiscalização de direitos trabalhistas.

Além disso, conflitos dentro de um mercado não regulamentado é mais constante, pois na maioria das vezes os direitos do consumidor não são respeitados.

Para quem trabalhar na informalidade, em uma possível fiscalização as sanções legais, multas por exemplo, poderão impactar consideravelmente e negativamente a continuidade do negócio.

 Por que sair da informalidade?

 O melhor que você pode fazer para reivindicar os seus direitos é sair da irregularidade, seja como empresa ou autônomo. É importante ser um profissional reconhecido de fato pelo mercado.

Além de ter todas as garantias previstas na lei, uma vez que você decide passar para o mercado formal, você ganha muito mais credibilidade e maior competitividade, como por exemplo:

  • Regulamentação pelas leis trabalhistas;
  • Emissão de notas fiscais;
  • Gera confiança para os clientes;
  • Possibilidades de fazer contratos com grandes empresas.

Como sair da informalidade

Para sair da informalidade será preciso um cadastro para a criação do CNPJ da sua empresa, assim você terá todas as vantagens que o mercado formal disponibiliza para você, aqui entra sua primeira decisão e a orientação é fundamental. Como e qual tipo de empresa devo abrir?

REGIMES TRIBUTÁRIOS

Sistema de cobrança dos impostos da empresa.

Simples Nacional, Lucro Presumido, Lucro real.

 MEI

Micro Empreendedor Individual (MEI). É possível solicitar o CNPJ MEI diretamente no portal do empreendedor ou ainda solicitar a inscrição em um escritório contábil de sua confiança, a ILS contabilidade é credenciada e poderá fazer essa inscrição.

Uma vez que você cadastrou o seu MEI você pagará uma taxa média mensal de R$ 50,00 e ainda terá direito a benefícios como auxílio maternidade, auxílio doença e aposentadoria.

Se você quiser saber mais sobre o assunto temos um artigo exclusivo que trata das diferenças entre Simples Nacional e MEI. Clique aqui.

Antes de abrir a empresa seja Mei, Simples Nacional, Lucro Presumido ou Lucro real procure informações de um especialista contábil para que você comece a sua empresa da forma mais adequada possível.

Benefícios da formalização do seu negócio

 Estar dentro da lei evita problemas fiscais

  • Tem acesso a benefícios;
  • Diminui os índices de reclamações trabalhistas
  • Poderá ter acesso a linhas de crédito para investimentos;
  • Emissão de notas fiscais para seus clientes.

Garantir a regularização da sua empresa é importante para que você consiga aumentar os benefícios para você e para o seu cliente, além de conseguir uma segurança a mais por conta da regulamentação.

Segundos dados do Sebrae, empresas que se regularizam chegam até mesmo a aumentar o seu faturamento em até 54%, e isso graças as vantagens que você acaba por adquirir estando regularizado.

Os comentários estão encerrados.