Como usar as redes sociais para fazer sua empresa vender mais

Conheça as principais ferramentas digitais para a gestão de sua empresa
3 de setembro de 2019

A internet revolucionou o modo como os negócios atuam no mercado. Hoje podemos dizer que todo usuário da internet é um cliente em potencial.

Se sua empresa ainda não possui uma boa estratégia de marketing saiba que você está perdendo dinheiro. É possível utilizar as redes sociais para vender mais e atingir novos mercados. Empresas que se posicionam nas redes sociais ganham mais relevância e destaque perante a concorrência.

Por isso selecionamos três redes sociais que merecem sua atenção e mais um bônus especial para seu negócio conquistar ainda mais clientes com a ajuda da internet. Confira:

 

Facebook: a rede social mais utilizada no mundo

O Facebook é a rede social mais popular do mundo. Só no Brasil são mais de 120 milhões de usuários ativos.

Trata-se de uma rede bastante útil para quem está pensando em turbinar as vendas. A cada ano mais pessoas começam a usar o Facebook para decidir ou mesmo finalizar suas compras. O Facebook é bastante popular entre o público mais velho e tem se criado integrações com outras redes, o que garantirá sua importância por muitos anos.

O Facebook pode ser usado por empresas de qualquer tamanho, desde que respeitem a regra básica de criar uma página empresarial com todos os detalhes do negócio. A rede social poderá ajudar sua empresa a vender mais e a criar um público mais fiel.

Em termos de vendas, a rede social atua positivamente em diferentes modos:

Autoridade

Seu negócio passa a ter seguidores, que irão compartilhar e comentar o seu conteúdo. Isso gera, ao longo do tempo, autoridade de marca, uma espécie de reconhecimento pela qualidade dos serviços prestados por sua empresa. Quanto maior o engajamento dos clientes, maior será a autoridade de sua marca.

Vitrine de vendas

Chegou produto novo? O Facebook pode ser uma ótima vitrine para divulgar suas novidades. Nesse quesito ele não é tão popular quanto o Instagram, mas ainda assim é possível utilizar o seu alcance, especialmente com posts pagos, para atrair mais pessoas ao seu negócio.

Marketplace

O Facebook começa a se transformar cada vez mais numa mistura de rede social, canal de informação e loja virtual. A ideia é que a rede desenvolva modelos mais arrojados para quem pretende vender mais produtos dentro de sua página. Isso já é possível, mas ainda não se trata de uma prática comum. Para estimular as vendas, faça promoções para os seguidores ou crie grupos de discussão.

Informação

Imagine que um cliente deseje adquirir um produto que você vende em sua loja física, mas não pode ir até o local para sanar todas as dúvidas. Um meio eficiente de resolver esse problema é utilizar o Facebook como um canal de informação detalhada sobre seus produtos. Vídeos, infográficos e postagens são parte dessa estratégia muito eficaz.

 

Instagram: a rede social mais influente do mundo

Considerada a rede que mais cresce e mais influente do mundo, o Instagram possui somente no Brasil mais de 50 milhões de usuários diários. O nosso país é o segundo maior utilizador da rede em todo o planeta. Hoje podemos dizer que é impossível criar uma estratégia de marketing digital sem usar o Instagram.

Focado no apelo visual, o Instagram é um ótimo lugar para seduzir seu cliente e estimular a venda. Recentemente a rede social incluiu a possibilidade de marcar produtos em suas fotos. Desta forma, se numa imagem um modelo aparece usando uma bolsa (ou qualquer outro item), é possível criar um link para que o usuário compre aquele artigo.

Além dessa vantagem podemos listar também:

Mensagem direta

O Instagram possui a característica de ser muito simples e intuitivo. Dessa forma, os clientes entram em contato direto com o seu negócio, seja através dos comentários ou via mensagens. Essa proximidade pode ser usada como um excelente serviço de relacionamento com o consumidor.

Influencers

Sua empresa pode se beneficiar de parcerias com os chamados “influenciadores digitais”, criadores de conteúdo para o Instagram que possuem muitos seguidores. Um bom exemplo são as editoras e livrarias que criam posts pagos com influenciadores especializados em resenhas de livros.

Vídeos longos

O Instagram iniciou um novo tipo de postagem. A “IGTV” é um aplicativo independente que possui conexão com o feed do Instagram. Nele é possível compartilhar vídeos longos, fazer transmissões ao vivo e muito mais. Essa função é muito vantajosa para empresas que desejam vender mais com o auxílio das redes sociais. Você pode apresentar novos produtos, fazer um bate-papo com um especialista ou mesmo matar dúvidas dos seus clientes.

Stories

O Stories do Instagram são vídeos curtos ou animações que atraem a atenção do usuário para um determinado conteúdo. O Stories pode ser vinculado apenas por 24 horas, fazendo com que o cliente crie um senso de urgência sobre uma promoção, por exemplo.

 

YouTube: o canal mais jovem e descolado

O YouTube não foi criado para ser uma rede social tradicional. A ideia era desenvolver um ambiente onde qualquer um pudesse publicar seus vídeos. Com a evolução da rede o YouTube ganhou novas funções e se tornou um misto de TV personalizada, central de música, informação, entretenimento e conhecimento.

Hoje o YouTube é a rede social preferida do brasileiro e o número de usuários não para de crescer, principalmente entre o público mais jovem.

Para melhorar suas vendas com a ajuda dessa rede social é importante investir em vídeos de qualidade, uma vez que o público do YouTube tem se tornado cada vez mais exigente.

Podemos dizer que o YouTube sirva para qualquer tipo de empresa. Restaurantes podem criar um canal com dicas culinárias. Consultórios médicos podem oferecer dicas de saúde. Lojas de equipamentos eletrônicos podem fazer análises e vídeos de unboxing (abrindo um novo produto e mostrando detalhes). Em outras palavras: as opções de propaganda nessa rede são infinitas.

Dentre as melhores vantagens do YouTube para empresas temos:

Público seleto

Criar um canal no YouTube é uma das melhores formas de atingir um público-alvo específico. Cada canal pode reunir o conteúdo ideal para concretizar vendas cada vez mais segmentadas. Os setores de beleza, saúde, bem-estar, tecnologia e conhecimento são os que mais crescem hoje nessa plataforma.

Facilidade de criação

O YouTube possui ferramentas para quem deseja editar e dar um ar mais profissional aos seus vídeos. Diversos aplicativos e sites especializados também ajudam a refinar a qualidade de seu conteúdo para que sua empresa comece com o pé direito.

Monetização

Ao contrário das demais redes sociais, o YouTube pode ser uma ótima fonte de lucro. Canais com grandes audiências e conteúdo relevante podem monetizar seus vídeos com a exibição de anúncios e links de outras empresas.

 

Bônus: não se esqueça do WhatsApp

O WhatsApp é muito mais um aplicativo de compartilhamento de mensagens que uma rede social, mas como ele está presente no cotidiano de milhões de brasileiros, podemos dizer que ele funciona também como um canal social muito poderoso.

Muita gente não utiliza outro aplicativo para se comunicar. Algumas vezes o WhatsApp é mais popular do que telefonar para alguém.

A versão para negócios do aplicativo permite que você crie listas de envio de mensagens. Desta forma é possível avisar seus consumidores sobre promoções, horários de funcionamento, novos produtos e serviços.

A grande vantagem do WhatsApp é sua utilização massiva. Por outro lado, é importante tomar cuidado com as promoções criadas nesse canal, pois muitos clientes consideram receber mensagens de empresas com algo invasivo.

 

E você, o que achou das dicas? Assine a nossa Newsletter ou entre em contato para saber em primeira mão das novidades do mercado empresarial.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *