Como abrir uma empresa com pouco dinheiro?

Melhore a produtividade da sua empresa com 5 softwares de gestão de tarefas
7 de janeiro de 2019
7 dicas de negócios para abrir em 2019
21 de janeiro de 2019

Pensando em abrir uma empresa e está com pouco dinheiro? Saiba que com planejamento estratégico e boa análise de mercado é possível ter uma empresa lucrativa e com baixo investimento.

Ao contrário do que se diz, abrir uma empresa com pouco dinheiro tem suas vantagens. A margem de risco é menor, o que permite ir conhecendo o mercado aos poucos, evitando a perda de capital num cenário econômico de muitas incertezas.

Vamos sugerir agora algumas dicas fundamentais para você iniciar um negócio do zero, com baixo investimento e grandes capacidades de lucro. Confia:

Afinal, como abrir uma empresa com pouco dinheiro?

O primeiro passo é saber no que você é bom. Faça as seguintes perguntas:

  • Sua futura empresa será de produtos ou serviços?
  • Ela resolverá um problema real dos futuros clientes?
  • Tenho o conhecimento necessário sobre este ramo?
  • Este é um tipo de serviço pelo qual tenho afinidade e paixão?

É importante saber a fundo quais a suas principais qualidades como gestor para não perder tempo em negócios infrutíferos.

Para abrir uma empresa com pouco capital o ideal é que você invista em áreas com as quais você tenha afinidade e onde seus conhecimentos possam ser aplicados de maneira eficiente e dinâmica.

O segundo passo é pesquisar o mercado em que você pretende atuar. Faça uma análise detalhada, converse com possíveis clientes e com outros empresários que já atuem com sucesso na área. Confira ainda os seguintes itens:

  • Saturação de mercado: o seu mercado de atuação está saturado, com muitas empresas atuando no mesmo setor ou é um mercado pouco explorado? Use a internet para saber mais sobre quantas empresas atuam nesta área em sua região.
  • Lucratividade de mercado: o seu mercado de atuação é lucrativo, com reais chances de ganhos para sua empresa? Instituições como o SEBRAE e a Câmara do Comércio de sua região podem fornecer dados nesta área.
  • Expansão de mercado: este é um mercado que permite crescimento a médio e longo prazo? Analise as empresas concorrentes e veja como elas começaram. Se a maioria delas iniciou de modo pequeno e cresceram com o tempo, isso é um sinal de que o mercado em questão possui boa capacidade de expansão.

Os 3 passos para abrir uma empresa com pouco dinheiro

Abrir uma empresa com pouco dinheiro exige um certo malabarismo e muita atenção na tomada de decisões. Qualquer passo errado pode colocar todo o projeto a perder. Siga as regras abaixo para criar uma estratégia eficiente:

1 – Saiba exatamente quanto capital você poderá investir

Um erro comum aos empresários iniciantes é não saber ao certo quanto dinheiro irá ser injetado em sua nova empresa. Muitas pessoas contam com poupanças, fundos de investimentos, FGTS, venda de bens ou até mesmo empréstimos. Muitas vezes esse capital é apenas deduzido, jamais conhecido realmente em seu valor.

Não basta apenas saber de onde virá o dinheiro, mas também quanto dinheiro líquido estará disponível para o projeto. O seu projeto deverá ser realizado inteiramente tendo como ponto de partida quanto dinheiro você tem, e não o contrário. Respeite esse limite.

Tome cuidado: muitas pequenas empresas fecham por não respeitarem os limites de capital de seus gestores, o que acaba gerando dívidas e muitas dores de cabeça.

2 – Planeje seus gastos

Cada investimento deverá ser feito dentro de um planejamento estratégico minucioso. Planeje cada passo do seu negócio com antecedência. As principais questões que devem constar no seu planejamento são:

  • Gastos de abertura: emissão de CNPJ, Inscrição Estadual e demais documentos para sua empresa nascer de verdade. Você precisará de um bom contador para lhe ajudar com essa tarefa.
  • Gastos de produção ou estoques: se sua empresa oferece serviços, ela terá gastos para produzir esses serviços. Se ela venderá produtos, terá que possuir um estoque inicial.
  • Gastos de estrutura: será uma empresa localizada num ponto comercial? Se sim, você terá gastos com aluguel, luz, água, internet, telefone, máquinas de cartão de créditos e outros custos fixos. Se for uma empresa em sua casa, não se esqueça dos gastos com luz, internet, modificações estruturais, equipamentos e afins.
  • Gastos com pessoal: sua empresa terá funcionários? Se sim você terá que contabilizar custos de mão de obra, encargos trabalhistas e demais questões. Se você for autônomo terá outras despesas, como recolhimento de INSS, pagamento de guias de impostos e outros gastos relacionados.
  • Gastos com propaganda: sua empresa precisará ser conhecida pelo público. Para isso é fundamental reservar parte do seu capital para ações de marketing em redes sociais, jornais locais, panfletos ou outros tipos de divulgação.

3 – Saiba o valor dos seus produtos

Uma empresa depende de lucros e eles só são possíveis com um apurado estudo do posicionamento de preços.

Calcule quanto custa cada produto ou serviço, somando todas as variantes como impostos, mão de obra, custos fixos (luz, aluguel, impostos) e tenha um valor com o qual trabalhar.

Estabeleça uma margem de lucros coerente com o preço de mercado. Pesquise com os seus concorrentes a média dos preços praticados para garantir que seus produtos ou serviços estejam dentro de um valor justo e competitivo.

3 dicas de ouro para abrir um negócio com pouco dinheiro

Ao aceitar o desafio de abrir uma empresa com pouco capital você deverá ficar atento a algumas questões. Confira:

1 – Não deixe de contratar um contador

Muitas pequenas empresas iniciantes cometem o erro de não investir corretamente num bom serviço de contabilidade. Saiba que a rotina contábil é a peça-chave para uma empresa lucrativa.

Com um contador experiente você terá mais tranquilidade para gerir o seu negócio, evitando surpresas desagradáveis no final do mês. A contabilidade ajuda sua empresa a operar melhor, mesmo com orçamentos mais curtos, ao enquadrar seu negócio dentro de um planejamento tributário de acordo com o tipo de sua empresa.

Um bom contador poderá sugerir, por exemplo, que sua empresa seja adepta ao Simples Nacional, um modelo de recolhimento de impostos mais simplificado e econômico.

Nós da ILS Contabilidade somos especializados em criar rotinas contábeis eficientes, garantindo todo o suporte legal para que o seu negócio comece com o pé direito.

2 –  Invista em automação comercial

Um bom sistema de gerenciamento empresarial, os chamados ERP, podem fazer toda a diferença na hora de tirar o seu projeto do papel.

Com um bom sistema ERP sua empresa inicia no mercado de maneira mais eficiente, com relatórios detalhados sobre contas a pagar e receber, estoques, cadastro de fornecedores, e muitos outros setores.

3 – Acompanhe de perto seus clientes

Ao abrir um novo negócio muitos empresários acabam se esquecendo do mais importante: os clientes.

Crie uma estratégia de satisfação ao cliente, com pesquisas sobre a qualidade de seus serviços de pós-venda. Certifique-se de que sua empresa estará alinhada ao que seus consumidores desejam.

Resumindo

Abrir uma empresa com pouco dinheiro é um desafio. Mas com planejamento e foco é possível iniciar um projeto com boas chances de lucro.

O importante é respeitar seus limites de orçamento, realizar os investimentos certos e contar com um bom serviço de contabilidade.

Se você está pensando em abrir uma empresa, não deixe de conferir nosso post sobre o assunto: Empreendedorismo: dicas para quem quer começar do zero.

E você, tem alguma dúvida sobre como abrir uma empresa com pouca grana? Deixe suas perguntas nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *