5 dicas para montar seu próprio negócio
18 de novembro de 2018
Como vender no Mercado Livre ILS Contabilidade
7 dicas para vender mais no Mercado Livre
3 de dezembro de 2018

Gerenciar uma empesa é uma tarefa complexa, que envolve foco e dedicação exclusiva. O grande dilema do empreendedor moderno é saber dividir o seu tempo entre as questões financeiras e a gestão prática de seu negócio.

Quando esse equilíbrio parece estar em perigo eis que surge uma solução adotada por diversas empresas de sucesso ao redor do mundo: o BPO financeiro.

Mas afinal o que é BPO financeiro e como ele pode ajudar a sua empresa a obter o sucesso desejado? Quais suas vantagens e áreas de atuação? Se você já ouviu falar em BPO financeiro e possui dúvidas sobre o assunto, confira esse texto que preparamos exclusivamente para você:

Compreenda o BPO financeiro

BPO é a sigla em inglês para Business Process Outsourcing, ou seja, Terceirização de Processos de Negócio. Ele representa basicamente a terceirização dos processos internos da empresa, visando otimizar o andamento de um negócio.

Desta forma, o empresário confia a um especialista parte da administração financeira de sua empresa.

O BPO atua na parte central do seu negócio como um suporte para garantir que nenhum assunto financeiro seja negligenciado. Ou seja, o BPO é como um cérebro extra que mantém suas finanças em dia.

Com o BPO sua empresa contará com um especialista que acompanhará de perto as principais engrenagens financeiras do seu empreendimento.

Assim sobrará mais tempo para que os gestores e demais funcionários foquem em áreas práticas como atendimento e vendas.

 

Quais áreas de atuação do BPO financeiro?

Faturamento: aqui o analista de BPO criará um plano para acompanhar o ritmo de lucros de sua empresa, garantindo o atingimento de metas e a saúde financeira do seu negócio. Nesta parte a terceirização é muito vantajosa, pois oferecerá ao empreendedor maior tranquilidade na gerência de seus recursos de capital. Neste setor é importante ainda decidir entre lucro real ou presumido – cada empresa tem uma necessidade.

Contas a pagar: neste setor o BPO garante que sua empresa estará em dia com todos os fornecedores e demais despesas, tanto de custo fixo quanto variável. A gerência dos pagamentos pode contar com a ajuda de um ERP, sistema de automação comercial que cria alertas para evitar que as contas vençam sem pagamento. O mais importante desta área é a garantia de que não irão acontecer surpresas no final do mês, evitando rombos e perda de capital.

Contas a receber: aqui o BPO atua com precisão para evitar que seus clientes não cumpram com o prazo estabelecido em suas vendas. Isso evita inadimplência e eventuais problemas jurídicos com clientes devedores.

Fluxo de caixa: o controle de tudo o que entra e sai em termos de capital é fundamental para manter sua empresa lucrativa e dinâmica. Aqui o BPO oferece agilidade na análise de dados, possibilitando margens de lucro mais assertivas e investimentos corretos. O BPO é fundamental também na redução de gastos de sua empresa.

 

Quais as vantagens do BPO financeiro?

Atualmente diversas empresas de contabilidade oferecem o serviço de BPO, isso significa que a parte contábil de seu negócio estará integrada com a terceirização de finanças. Na prática isso representa diversas vantagens, como veremos a seguir:

 

Menos encargos trabalhistas: com uma boa gestão BPO sua empresa evita eventuais falhas na gerência de pessoal. Escalas de folgas, horas-extras e férias são controlados com precisão, especialmente diante de um cenário de reformas trabalhistas. Isso representa mais segurança tanto para a empresa quanto para os funcionários.

Credibilidade: um especialista em BPO é alguém preparado para resolver problemas. Ao contrário de consultorias, que atuam em apenas uma questão, o BPO engloba diversos setores de sua empresa com responsabilidade.

Agilidade: com um BPO atuante e integrado os gestores e funcionários podem focar no que realmente importa, a administração prática da empresa. Desta forma, evita-se a contratação desnecessária de mão de obra e sobra mais tempo para que você se dedique ao seu negócio de maneira integral.

 

Quais setores empresariais podem ser otimizados pelo BPO?

Apesar de ser um serviço integrado e completo, nem todas as áreas de sua empresa podem ser gerenciadas pelo modelo BPO. Vale lembrar que o poder de decisão sobre os rumos da empresa sempre serão do empreendedor.

 

O BPO pode atuar com sucesso nas seguintes áreas:

 

Conciliação bancária: encontrando o melhor caminho para obter crédito e facilidades junto aos bancos.

Relatórios financeiros: saiba com precisão onde sua empresa está gastando capital e onde deveria investir. Esses relatórios são fundamentais para promover cortes de gastos e abrir possibilidades de futuros investimentos.

Relatórios gerenciais: o BPO atua produzindo relatórios precisos sobre o andamento de sua empresa, possibilitando uma melhor tomada de decisões por parte do empreendedor.

Cobrança: aqui o BPO garante o bom fluxo das contas a receber e evitando atrasos e inadimplências.

Implementação de ERP: aqui o BPO ajuda sua empresa a se tornar 100% digital com o gerenciamento automático promovido por um sistema de automação comercial. Os especialistas selecionam os melhores softwares e aplicam em sua empresa, sem dores de cabeça e sem burocracias.

Consultoria Administrativa e financeira: está em dúvidas se deve abrir uma filial ou reformar a matriz? Investir em novos produtos ou criar promoções? O BPO funciona aqui como uma consultoria presente todos os dias úteis em sua empresa, auxiliando na tomada de decisões e apontando os melhores caminhos para o sucesso.

 

Quais empresas podem usar o BPO em suas gestões?

A terceirização de serviços financeiros é uma prática cada vez mais utilizada por empreendedores de todos os ramos e tamanhos. Não há uma regra para que sua empresa possa utilizar o BPO em sua gestão, mas a prática pode ser muito vantajosa para os seguintes seguimentos:

 

Empresas de grande porte: com o BPO o trabalho de uma grande empresa se torna segmentado, portanto, mais dinâmico e eficaz. Neste caso o BPO pode atuar em módulos específicos, auxiliando setores como cobrança, fluxo de caixa ou contas a pagar e receber.

Pequenas e médias empresas: empresas menores geralmente precisam cortar gastos de modo mais incisivo para se manterem enxutas dentro de um mercado competitivo. Para esses casos o BPO pode ser ainda mais benéfico, pois otimiza o pessoal envolvido e transforma a administração interna de modo a economizar tempo e dinheiro.

Negócios em crise: se sua empresa está no vermelho o BPO poderá ser o investimento certo. Quando negócios vão mal é a hora de ter um especialista por perto, otimizando e garantindo que nenhum passo errado será dado.

Negócios em crescimento: sua empresa decolou? Eis a hora de ter que lidar com um montante absurdo de dados, relatórios e contas. Esse é o melhor momento para contratar um serviço de BPO, evitando que seu negócio se atole em burocracia e perca sua grande chance de crescer.

Startups e empresas de inovação: negócios inovadores estão sempre correndo contra o tempo. O BPO auxilia na criação de rotinas empresariais mais aceleradas e dinâmicas, favorecendo o crescimento e maximizando os investimentos e aportes.

 

Resumindo

O BPO parece um bicho de sete cabeças, mas na prática é uma ferramenta empresarial poderosa para quem busca o sucesso. Além de ter um especialista à sua disposição, sua empresa perderá menos tempo com burocracias e se tornará mais fluída.

Se você gostou da ideia, saiba que nós da ILS Contabilidade oferecemos o serviço de BPO sob medida para o seu empreendimento. Fale com um de nossos especialistas e leve sua empresa para um outro nível de mercado.

Os comentários estão encerrados.